sexta-feira, 2 de junho de 2017

" QUEM MORDE É CACHORRINHO, CRIANÇA FAZ CARINHO"

Devido a grande ocorrência de mordidas na turma, sentiu-se a necessidade de pesquisar sobre o assunto para poder entender e trabalhar esse comportamento em sala de aula. 
Segundo o estudioso da educação Piaget, a boca é um instrumento de descoberta importantíssimo para a criança de até 2 anos e meio. Ela a usa para se alimentar, sentir prazer e também para se defender, sendo a mordida uma reação natural da criança por meio da qual ela procuram extravasar desejos, anseios, se expressar e aliviar o stress e a irritação, até porque  ainda não têm repertório suficiente de vocabulário para fazer isso usando a fala.”
Diante da necessidade de entender por que as crianças mordem e saber administrar os conflitos gerados pelas mordidas, foi elaborado o Projeto: " QUEM MORDE É CACHORRINHO, CRIANÇA FAZ CARINHO". Com base na história: Mordida não Napoleão (Joyce M. Rousset), criamos uma  rotina para reduzir a agressividade das crianças e gerar um ambiente de afeto,aproximando as famílias da escola e reduzindo a tensão gerada pelas mordidas.
                                                                                                 
Cei Gente Miúda
Turma: Berçário IV
Professora: Tatiana S. Zwicker



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olimbairros: Vila Nova 1 está liderando a disputa, com 54 pontos

Nesta quarta-feira e na quinta ocorrem mais três finais Depois de duas semanas de jogos, confira as modalidades que já tiveram as disputa...