sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

APRENDENDO A LIDAR COM AS EMOÇÕES

Esta semana iniciaram os atendimentos no Apoio Pedagógico e a professora Raquel recebeu os alunos com cartão de boas-vindas, também participaram de uma dinâmica onde cada um representou a sua emoção através do desenho de um emoji no balão. A dinâmica faz parte do projeto socioemocional que vai ser desenvolvido durante o ano letivo. 



 

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Normativa de Hora Atividade






Instrução Normativa nº 02/2019/SME
Hora Atividade
Estabelece normas para a organização da hora atividade nas Unidades Escolares.
A Secretaria Municipal de Educação, no uso das atribuições que lhe conferem a portarianº 150/13 de 01 de abril de 2013 Art. 01, e tendo em vista o que dispõe o artigo 11 e seus parágrafos, da lei 1250/2000.
Resolve:
1 – Orientar Gestores de Centro de Educação Básica, Centro de Educação Infantile professores para a correta observância dos procedimentos acerca da organização do horário curricular, e o cumprimento da hora atividade dos professores nas unidades escolares da rede municipal de ensino de Trombudo Central nos termos do artigo 11 e 16 a da lei Complementar nº 1250 de 07 de julho de 2.000 e suas alterações posteriores.
                Art. 1 – A Jornada de trabalho do professor poderá ser de dez, vinte, vinte e cinco, trinta, trinta e cinco e quarenta horas semanais.
                § 1º A jornada de trabalho do professor em função docente inclui parte de horas aula e uma parte de horas atividades.
                § 2º As horas atividades corresponderão a 33,33 %(trinta e três virgula trinta e três por cento) do total da jornada de trabalho, serão destinadas de acordo com a proposta pedagógica do Centro de Educação para planejamento e avaliação do trabalho pedagógico, registro, reforço escolar, estudos, formação continuada, confecção de materiais didáticos, participação em reuniões pedagógicas e administrativas, receber assessoria da coordenação pedagógica, leituras, articulação com a comunidade escolar e aperfeiçoamento.
2 – Para assegurar o cumprimento da jornada de trabalho dos profissionais de educação, deverá a gestãoda escola realizar juntamente com o professor o planejamento de suas atividades no contexto da unidade escolar, observados os seguintes procedimentos:
2.1 Nos anos iniciais do Ensino Fundamental o horário das aulas das disciplinas artes, educação física, língua inglesa (inglês), e programa de leitura e matemática deverão ser organizados de forma que favoreça a aprendizagem dos alunos e o trabalho do professor regente.
2.2 – Nos anos finais do ensino fundamental o horário das aulas ministradas, deverá ser elaborado pela gestão com a participação dos professores, levando em consideração:
1. As aulas devem ser distribuídas de forma que contemplem condições pedagógicas favoráveis ás aprendizagens dos alunos.
2.3 – Os profissionais que atuam em instituições de Educação Infantil cumprirão hora atividades de acordo com planejamento pré-estabelecido pela secretaria da educação e coordenador da Unidade de Educação Infantil.
3 – O profissional em efetivo exercício de regência de classe terá direito a 33,33 %(trinta e três virgula trinta e três por cento) de hora atividade, com observância de turno, horários favoráveis ao seu desempenho profissional, resguardado o cumprimento da legislação em vigor.
3.1 – Os profissionais que atuam no ensino fundamental anos iniciais e finais, em unidades de educação infantil, cumprirão obrigatoriamente:
Carga Horária total
Limite em sala de aula com crianças
Hora atividade
Horas para cumprir na unidade
Horas para atividade extraclasse

40h
26h 40 min
13h e 20min
9h e 20min
4h
35h
23h 20 min
11h 40 min
8h 10 min
3h 30 min
30h
20h
10h
7h
3h
25h
16h 40 min
8h 20 min
5h 40 min
2h 40 min
20h
13h 20 min
6h e 40min
4h e 40 min
2h
15h
10h
5h
3h 30
1h 30 min
10h

3h e 20 min
2h e 20 min
1h
Horas EXTRACLASSE mediante participação cronograma de formação e nos eventos promovidos pela secretaria e pela escola

O professor que trabalha em outra rede de ensino e que for impossibilitado de cumprir o cronograma de formação deverá cumprir toda a hora atividade na unidade de educação.

3.2 - Durante a Hora Atividade é atribuição do professor:
Planejamento seguindo orientação profissional responsável de cada segmento.
Organização do espaço na sala de atividades e ou pátio que motive a criança/aluno a aprender.
Pesquisa, análise, reflexão, leitura e produção de texto;
Oficina e confecção de jogos e brinquedos;
Registrar no planejamento quando for divulgar o trabalho nas mídias sociais – Blog ou demais mídias.
Avaliação diagnóstica e processual do aluno/criança sob a orientação de técnicos da secretaria;
Participação da formação em serviço, reunião   pedagógica e envolvimento com a família e a comunidade no período noturno ou extraclasse. Auxiliar a coordenação na organização de tais eventos quando solicitado e de acordo com o cronograma pré estabelecido pela instituição. Quando houver algum evento festivo na unidade ou promovido pela secretaria que coincidir com a hora atividade do professor ou extraclasse este deverá participar acompanhando a sua turma e Unidade Escolar;
Desenvolver ações que contemplem os Programas de leitura, diversidade, Escola de Pais e Atendimento Educacional Especializado AEE.
Havendo necessidade assumir a regência de turma mesmo no seu período de hora atividade e descontado do banco de horas extraclasse a ser registrado e acompanhado pelo gestor da unidade.
3.3 – O quadro de distribuição da hora atividade deve estar afixado em local visível para orientação do profissional de educação e acompanhamento da direção para seu fiel cumprimento. Deve ser encaminhada uma cópia para a Secretaria Municipal de Educação e Esporte para conhecimento.
3.5 – O não cumprimento da hora atividade prevista nesta Instrução Normativa e na lei do Plano de carreira, resultará no registro de falta injustificada e posterior desconto salarial.
3.6 - Consulta médica em dias de trabalho com criança/aluno, suspendem o direito de extraclasse na semana ou na semana subsequente e o professor repõe o trabalho com a criança/aluno. (Garantindo-lhe o direito) O gestor organiza a rotina da unidade. No ensino fundamental, anos iniciais, planejamento e substituiu as aulas quando for a regente que ficou em seu lugar. Nos anos finais planejamento ou atividades em prol da unidade.
Atestados devem ser entregues na secretaria em 24 horas pelo profissional, constando o CID da doença.
3.7- A hora atividade do professor II será  de 10% de sua carga horária, levando em consideração que  seu planejamento será  para um número reduzido de  alunos.
4 – Esta Instrução Normativa entrará em vigor na data de sua publicação.
5 – Os casos omissos serão resolvidos pela Secretaria Municipal de Educação e Esporte.
Trombudo Central, 14 de fevereiro de 2019


Normativa Do Planejamento e Atuação da Coordenadora Pedagógica



Normativa 001/2019/SME

Planejamento e atuação da Coordenadora pedagógica
A organização do planejamento escolar é um dos pontos essenciais para que a escola obtenha bons resultados de ensino. O aprendizado das crianças e alunos é o grande objetivo de todo o processo educativo.
O planejamento é momento importante e imprescindível, cabe fazer um detalhado diagnóstico das crianças e alunos, conhecer a legislação educacional, a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, a Base Nacional Curricular e a Proposta Pedagógica da Rede Municipal de Ensino e o PPP da Instituição para garantir que a base legal esteja presente diariamente no contexto escolar.
Ao efetuar o planejamento é necessário ter uma visão ampla sobre todas as suas dimensões. Esse momento não se restringe ao programa de conteúdos a serem ministrados ao longo do ano, vai muito além; ele faz parte do plano geral de cada instituição que por sua vez, inclui as metas a serem alcançadas, os objetivos educativos as expectativas, os direitos de aprendizagem, estratégias de recuperação paralela as formas de avaliação para as diferentes áreas do conhecimento.
O momento da hora atividade é de fundamental importância para planejar, analisar os resultados alcançados, os registros elaborados referentes a cada criança e aluno, a organização dos materias e do trabalho a ser desenvolvido e a definição de prioridades, com vistas a proposta curricular da Secretaria de Educação em cada uma de suas áreas e níveis. As demais ações realizadas na Hora atividade, como confecções de jogos e

preparação de todo o material para a semana, estão descritas detalhadamente na normativa n.02 de 2019. Deste modo no período que o professor(a) está na sala este deve ficar exclusivamente com os alunos/ Crianças executando seu planejamento.
      Nosso objetivo prioritário  é cumprir o plano municipal de educação que prioriza  a alfabetização, de todos quanto for  possível ao final do primeiro ano do ensino fundamental.

Planejamento do Ensino Fundamental


Como elementos mínimos para o planejamento do Ensino fundamental aos iniciais e finais, conforme sugestão de tabela em anexo I:
·               Disponibilizado  para as famílias em março de 2019 no portal;
·               Elaborado no dia da Hora atividade e postado no Portal educacional .
·               Chamada diária no sistema;
·               Sequência didática semanal com data, podendo ser temática ou projeto;
·               Objetivos de aprendizagem/ habilidades de acordo com a unidade temática e de acordo com a BNCC;
·               Inserir habilidades e competencias.
·               Jogos; citar objetivos
·               Músicas; citar nome
·               Histórias de deleite todos os dias, digitar o nome das histórias ou a leitura de qualquer outro gênero textual;
·               Experiências envolvendo movimento, intercalando com os conteúdos (quando for necessário); No ciclo de alfabetização.
·               Programa de Competências Socioemocionais , registrado no planejamneto  uma ou mais experiências na semana;
·               Avaliação de acordo com a habilidade ou objetivo de aprendizagem;
·               Registrar como se dará a recuperação paralela, quando for necessário;
·               Registrar atividade diferenciada para alunos com dificuldades;
·               Inserir quando for divulgar o trabalho nas mídias sociais – Blog ou demais mídias.
·        Postar   no dia da hora atividade até no dia da hora atividade da semana subsequente.   (conforme anexo I)

·        Componentes curriculares, Unidade temática - Objeto de conhecimento (conteúdo), Habilidades (objetivo),  Vivências (metodologias), esta na BNCC e nos livros didáticos. Salientando sempre que possível a inserção de metodologias interdisciplinares. Os objetivos precisam dizer respeito as atividades propostas na semana e podem ser replanejados sempre que necessários. As propostas devem ser de acordo com a faixa etária e com o ritmo da turma.
·        Metodologias.
 No Ciclo ressaltar com mais ênfase a alfabetização, letramento e a matemática. Descrever as atividades de forma que seja possível compreender a proposta. Não é concebível citar apenas a página do livro, bem como não é necessário transcrever toda a atividade no planejamento. Inserir nas metodologias jogos e dinâmicas de aprendizagem, obras complementares ou texto com pretexto.
·        Proposta de Avaliação, com sugestões diferenciadas para os alunos que apresentarem laudo ou dificuldades evidentes. Intercalar, provas, trabalhos em grupo, atividades individuais escritas e orais, pesquisas, produções etc. Registrar o percurso avaliativo de cada alunos em caderno próprio.
·        Detalhamento das atividades permanentes com nome da história de deleite, música, jogos, brincadeiras e demais atividades propostas.
·        Estratégias de recuperação paralela, devem ser descrita. Sempre oferecendo outras possibilidades para o conteúdo a ser recuperado.
 

Planejamento na ducação Infantil

Planejar o cotidiano a partir dos contextos coletivos de educação requer o cuidado e preocupação em pensar um formato de planejamento para Educação Infantil, diferente da referência que temos para o Ensino Fundamental. Torna-se fundamental que todo o processo de elaboração de um projeto de educação para creches e pré-escolas seja desenvolvido por concepções teórico-metodológicas que considerem o seguinte aspecto ao pensar a vida cotidiana: o planejamento e suas intencionalidades, compreendendo que o mesmo se nutre da observação, do registro e da reflexão sobre o repertório de ações praticadas, bem como da avaliação de contexto que, por sua vez, será norteadora do pensar e fazer, conduzindo a ação docente para um novo planejamento.
Destarte, concordamos que não adianta ter um planejamento bem planejado, se o professor não constrói uma relação de respeito e afetividade com as crianças; se ele toma as atividades previstas como  momentos didáticos, formais, burocráticos: se ele apenas age e atua, mas não interage e partilha da aventura que é a construção do conhecimento do ser humano (OSTETTO, 2004, p. 190). (Proposta Curricular da Rede Municipal de Ensino)
Salientamos que todas as ações da educação infantil devem estar pautadas nas interações e brincadeiras.
Como elementos mínimos do planejamento da educação Infantil, conforme sugestão de tabela em anexo I I:
·        Identificação da turma e do período do planejamento
·        Disponibilizado  para as famílias em março de 2019 no portal;
·        Sequência semanal com tema e data;
·        Objetivos de aprendizagem de acordo com o tema da sequencia  e de acordo com a BNCC conforme faixa etária;
·        Direitos de aprendizagem;
·        Experiência de acordo com o tema; 
·        Músicas;
·        Histórias – Título e sobre o que se trata
·        Experiências envolvendo movimento;
·        Jogo de regras
·        Programa de Competências Socioemocionais – uma ou mais experiências por semana,
·        Avaliação de acordo com o objetivo de aprendizagem;
·        Registrar como se dará a recuperação paralela;
·        Registrar imagem/atividade semanal do que for mais significativo para inserir no portfólio digital ou impresso.
·        Registrar quando for divulgar o trabalho nas mídias sociais – Blog ou demais mídias.
·        Utilizar o currículo e o livro didático do professor como apoio ao planejar.
·        Rotina deve constar no campo observação.
Para planejar, seja na educação Infantil ou no Ensino Fundamental é preciso refletir sobre os resultados alcançados, reconhecer os desafios vencidos e aqueles ainda por vencer, para que novos passos sejam dados em direção das ações que serão realizadas, lembrando de manter análise e reflexão contínua das oportunidades a serem oferecidas a crianças e alunos garantindo os conteúdos/Conceitos mínimos para seu nível de ensino.
Esta normativa traz os elementos mínimos, sendo que cada profissional tem autonomia e liberdade para ir muito além em seus planejamentos.
O planejamento pode ser organizado por meio  de projetos e sequências didáticas, ou apenas em sequências didáticas com tema gerador que deve ser feito semanalmente, inserido no portal do professor do sistema Educacional. Postar   no dia da hora atividade até no dia da hora atividade da semana subsequente.   (conforme anexo II)

Atuação da coordenadora Pedagógica na assessoria do Planejamento

Estão para facilitar o trabalho do professor, assessorando na elaboração e na execução do planejamento, dando a sua contribuição ao processo de construção de conhecimento de alunos, crianças e professores.
·         Baseados nesta normativa verificar se os elementos mínimos estão contidos no planejamento, compartilhar com os professores as reflexões acerca do planejamento para contribuir na reflexão e amadurecimento do processo.
·         Buscar referências bibliográficas, indicações de textos, literaturas, autores, diversas gêneros textuais, músicas, jogos e demais elementos para sugerirem ao professores e estes darem materialidade ao planejamento.
·         Visitar as salas de aula e os espaços de educação infantil, bem como verificar as experiências que estão acontecendo para conferir se o planejamento está sendo concretizado e se as crianças e alunos estão construindo conhecimento, pautados na proposta Curricular e na BNCC.
·         Contribuir com os professores, oportunizando momentos de reflexão sobre suas práticas, sobre o planejamento e os registros avaliativos.
·         Após visitas nas salas socializar registro dos pontos observados no planejamento e transposição para prática, para servirem de leitura e análise dos professores e também para registro de avaliação funcional.



Trombudo Central, 14 de fevereiro de 2019
 




 Anexo I – Ensino Fundamental

Centro de Educação Básica                                                                           
Professora:
Turma:
Período:

Componentes curriculares
Unidade temática
Objeto de conhecimento (conceúdo)
Habilidades (objetivo)
Vivências (metodologias)
Quarta-feira




Quinta-feira




Sexta-feira




Segunda-feira




Terça-feira



Avaliação:
Recuperação paralela:
Atividade Competência Socioemocional:
Nome das histórias de deleite:
Atividades permanentes: Visto nas agendas (1º e 2º ano, demais opcional); calendário; ajudante do dia, chamada, história de deleite.





ANEXO II - Educação Infantil
PROJETO                         ou sequência didática com tema:                                      


Direitos de aprendizagem:
TERÇA-FEIRA
Data
QUARTA- FEIRA
Data
QUINTA-FEIRA
Data
SEXTA-FEIRA
Data
SEGUNDA-FEIRA
Data
OBS





Deve ser digitado toda a rotina com
OBSERVAÇÕES: Realizar a rotina diariamente. Ajudante. Quem veio hoje? Com a brincadeira “Adivinha, adivinha...”. Calendário com autorretrato. Hoje o tempo está... Contagem de meninos e meninas. Escovação. Brincadeiras livres e dirigidas no parque. Visto e devolutivas nas agendas

   OBJETIVOS DE APRENDIZAGEM:
AVALIAÇÃO:
   RECUPERAÇÃO PARALELA:
   COMPETÊNCIA SOCIOEMOCIONAL UMA VEZ POR SEMANA OU MAIS:
   HISTÓRIA COM UMA BREVE DESCRIÇÃO:
   REGISTRAR QUANDO FOR DIVULGAR O TRABALHO NAS MÍDIAS SOCIAIS – BLOG OU DEMAIS MÍDIAS


APRENDENDO A LIDAR COM AS EMOÇÕES

Esta semana iniciaram os atendimentos no Apoio Pedagógico e a professora Raquel recebeu os alunos com cartão de boas-vindas, também par...